Ejaculação feminina existe, mas mulheres confundem com urina

Ejaculação feminina existe, mas mulheres confundem com urina

Sabe quando você está com muito tesão, sente de repente uma vontade de urinar, e fica com a sensação de que se não segurar esse prazer vai acabar fazendo xixi? Fique sabendo que isso não é xixi, mas sim ejaculação feminina. 

A “glândula de skenne”, que secreta a ejaculação e também é chamada de “próstata feminina”, fica encostada na uretra, mais precisamente na esponja uretral. Esta se enche de líquido antes de ejacular e, com isso, pressiona a uretra, dando a sensação que você está prestes a urinar. 

Como a maioria das mulheres confunde ejaculação com xixi, elas se travam quando estão atingindo ao clímax. Afinal, como foi explicado acima, a sensação de estar chegando ao orgasmo é parecida com a de urinar. 

Como diferenciar ejaculação de urina?

Se você não tem nenhum episódio de perda de urina durante o dia, já é provável que isso também não aconteça durante o sexo – o que praticamente descarta a possibilidade de ser xixi o líquido que você sente perder.

Algumas mulheres realmente sentem vontade de urinar durante o sexo, mas se permitem chegar ao orgasmo e não é por isso que fazem xixi durante a relação.

Então, se você já achou que estivesse com a bexiga cheia e fosse fazer xixi, mas ao “apertar” a vagina sentiu um prazer agudo, é muito provável que você tenha, na verdade, ejaculado sem saber.

Todas as mulheres ejaculam da mesma forma?

Apesar de não serem todas as mulheres que ejaculam, muitas o fazem sem saber. Algumas ejaculam em jato mesmo, enquanto outras molham a cama, como se fosse xixi. Há ainda aquelas que têm muita lubrificação durante o sexo e a vagina fica com aquela sensação que está “escorrendo”. Tudo isso é ejaculação feminina. 

Diferente do homem, que ejacula no momento do orgasmo, com a mulher pode acontecer durante ou mesmo antes do clímax.

Tudo depende da força das contrações vaginais na hora que estiver atingindo o prazer.

Ao ser jorrada para fora, a ejaculação feminina pode se apresentar mais líquida, semelhante ao xixi, mas incolor e sem cheiro. Além disso, não possui ureia, comprovando mais uma vez que não é urina.

Mas ejaculação feminina realmente existe? 

Há algum tempo, por algumas mulheres dizerem que ejaculavam, alguns cientistas, homens, decidiram fazer um estudo científico para derrubar essa teoria. A ideia da pesquisa era identificar ureia neste líquido que as mulheres achavam ser ejaculação, provando para elas que era apenas xixi. 

Mas, para sua surpresa, além de não haver ureia neste líquido (derrubando a teoria que era urina), eles ainda identificaram “fosfatase ácida” – uma substância que só existia no sêmen do homem, pois era produzida pela próstata. 

A grande questão, depois disso, era descobrir de onde saía isso, já que a mulher não tem próstata. Foi então que descobriram a responsável: as glândulas de skenne, também chamadas, agora, de próstata feminina e a prova de que mulher ejacula sim.

Deixe um comentário

2 Comentários

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *