Receita de sabonete íntimo para proteger vagina

Receita de sabonete íntimo para proteger vagina

Muitas mulheres não sabem disso, mas a vagina é autolimpante, ou seja, é possível lavá-la apenas com água, sem uso de sabonete íntimo. Caso a saúde esteja em dia, a genital não vai liberar nenhum odor ruim.

O uso de sabonetes industrializados na genital pode ser extremamente prejudicial para a saúde íntima, pois esses produtos alteram o PH vaginal e, ao invés de limparem a vagina, tiram sua proteção natural.

Por terem substâncias químicas, podem, inclusive, causar irritação na mucosa e facilitar a proliferação de fungos e bactérias, que dão origem a diversas doenças, como, por exemplo, a candidíase.

Existem sabonetes íntimos naturais, com componentes como barbatimão, aroeira, malva, melaleuca ou babosa, que fazem bem para a saúde vaginal. Mas, como nem sempre dá para saber a procedência desses produtos, ensino abaixo uma receita completamente natural para limpeza íntima.

Receita de sabonete íntimo mantém vulva saudável e previne candidíase

O composto natural que ensino abaixo não é exatamente um sabonete, mas serve justamente para substituí-lo. Este spray previne candidíase, faz uma assepsia na região íntima, eliminando fungos, vírus e bactérias. Além disso, forma uma camada de proteção na vulva, mantém o PH vaginal equilibrado, é anti-inflamatório e acalma a mucosa vaginal. ⠀

No meu Programa Anticandidíase, além desta receita de spray íntimo, você ainda aprende outras dicas naturais de autotratamento contra a doença. Este é o 1º Programa gratuito do Brasil, com foco nos cuidados físicos e emocionais da candidíase. Clique aqui para se inscrever gratuitamente.

Passo a passo do sabonete íntimo em spray

Materiais

  • Um recipiente spray
  • 1 litro de água
  • 1 casca pequena de barbatimão (do tamanho aproximado do seu dedo polegar)
  • 2 gotas de óleo essencial de Melaleuca (também chamado de Tea tree)

Modo de fazer

  • Coloque a água em uma panela para ferver, junto com a casca do barbatimão
  • Então, deixe fervendo por 15 minutos. A água ficará rosa, em função da cor que o barbatimão libera, é normal
  • Após isso, desligue o fogo e espere esta água esfriar
  • Em seguida, coe esta água em uma peneira, retirando a casca de barbatimão, e jogue-a no recipiente spray
  • Se optar por usar o óleo essencial de Melaleuca, pingue 2 gotas dele nesta água já fria e dentro do recipiente
  • Balance um pouco o recipiente para misturar o óleo e leve à geladeira
  • Quando estiver bem frio, seu composto está pronto para ser usado

Frequência de uso

Esse composto dura uma semana na geladeira e pode ser borrifado diariamente em toda vulva e ânus, inclusive na entrada da vagina, sem contraindicações. O ideal é que faça uso dele no banho, justamente para substituí-lo pelo sabonete.

Depois de 7 dias, prepare um novo composto, lembrando sempre de guardá-lo na geladeira e retirar de lá apenas na hora de utilizá-lo. 

Eu aproveito esse composto para passar no rosto também, pois ele diminui os poros e também clareia a pele, amenizando manchas. Afinal, como faço um novo toda semana, eu tento usar o máximo que posso dele. 

Caso você esteja com crise de candidíase, pode usar este composto até mesmo várias vezes ao dia, para aliviar os sintomas e ajudar a matar o fungos. 

Benefícios do sabonete íntimo natural

Fora os benefícios ditos acima, o barbatimão ainda ajuda a aumentar a autoestima e é antifúngico e antisséptico. No caso da candidíase, ele alivia a coceira e o ardor imediatamente.

Além disso, o óleo essencial de Melaleuca (Tea Tree) também é antifúngico e protege a vulva, sendo um ótimo aliado contra a candidíase. Pois ele traz uma sensação de refrescância e região limpa. Emocionalmente, a Melaleuca potencializa o trabalho da Reconsagração do Ventre. Ou seja, ela acelera e aprofunda o processo de limpeza das memórias celulares de nossas experiências de vida, que ficam guardadas no canal vaginal.

Reconsagração do Ventre: conheça a técnica milenar que limpa memórias nocivas do útero e canal vaginal

Mas, atenção: o óleo essencial de Melaleuca deve ser usado com cuidado, pois é muito forte! Se você não tem o hábito de usá-lo, recomendo que comece pingando apenas 1 gota na receita acima e passe para 2 gotas conforme notar que não tem reação. Antes de usar na vagina, teste esse composto na mama ou no antebraço, meia hora antes, para ver se não gera irritação. 

O óleo essencial de Melaleuca ou Tea Tree pode ser encontrado facilmente em lojas de produtos naturais, especializadas em essências ou mesmo em algumas farmácias de manipulação. Neste caso, só precisa se certificar que o produto é, de fato, óleo essencial, e não apenas uma essência, que não trará nenhum efeito terapêutico.

Sendo assim, sempre indico a aromaterapeuta Solange Lima, um dos maiores nomes em Aromaterapia no Brasil, que também comercializa os óleos. Caso queira entrar em contato com ela, mande um email para: [email protected], ou mesmo acesse seu Instagram aqui.

Banhos de assentos para candidíase

Essa mesma receita pode ser feita em banho de assento. Clique aqui e aprenda o passo a passo de 5 banhos de assento para candidíase.

Alimentos que combatem candidíase

Aprenda aqui 9 receitas de chás que aumentam imunidade do corpo e combatem candidíase vaginal e de repetição

Candidíase vaginal: 10 alimentos para combatê-la

Candidíase feminina: 5 alimentos que devem ser evitados

Deixe um comentário

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *