Aprenda os significados dos seus mucos vaginais

Aprenda os significados dos seus mucos vaginais

Neste material aqui você aprendeu a avaliar seu PH vaginal e acompanhar a saúde de seu corpo. Agora, chegou a vez de observar os líquidos que são secretados em momentos específicos do seu ciclo menstrual, que muita gente chama de corrimento.

Vale lembrar que quando falo em ciclo menstrual, não estou me referindo apenas à menstruação. O ciclo ocorre ao longo de um mês inteiro e vai do primeiro dia da sua menstruação até o começo da próxima

O ciclo menstrual é dividido em 3 fases e em cada uma o corpo da mulher produz um tipo diferente de muco. Veja abaixo.

1 – MUCO BRANCO E PASTOSO: FASE FOLICULAR

Esta fase ocorre por volta do 14º dia de menstruação. Neste período, o corpo da mulher libera naturalmente um muco meio pastoso, sem muita consistência e elasticidade, sinalizando um momento não-fértil. 

2 – MUCO “CLARA DE OVO”: PERÍODO FÉRTIL

Essa fase costuma acontecer por volta da metade do seu ciclo, entre o 14º dia e o 18º dia após o primeiro dia de menstruação. Portanto, se o seu ciclo é de 28 dias, a metade dele será no 14º dia do ciclo. Este é o período fértil da mulher. Nesta época, o corpo libera um muco clarinho, parecendo clara de ovo: ele é elástico e demora para arrebentar quando você o coloca entre os dedos e afasta um do outro, como na foto. 

Outra possibilidade é que neste período a mulher libere um muco sem consistência, que parece água. Ao passar o dedo na vagina, ela estará constantemente umidificada, quase que lubrificada. Existe certa possibilidade de engravidar enquanto o corpo da mulher está produzindo este muco, mas ainda não é o ápice da fertilidade – este só ocorre quando o muco passa a ter as características apresentadas na foto.

3 – MUCO OPACO E ESPESSO: FASE LÚTEA

Este muco aparece na fase pré-menstrual, ou seja, cerca de 3 dias antes da menstruação. Ele é mais opaco e espesso, parecido com um creme hidratante. Se colocá-lo entre os dedos, não tem nada de elástico.

COMO AVALIAR SEU MUCO?

O melhor período para avaliar seu muco é pela manhã, ao acordar. Durante a noite seu corpo trabalha melhor, pois você está relaxada, e os hormônios ficam mais atuantes.

Portanto, assim que acordar, introduza o dedo bem no fundo da vagina e tente molhá-lo no colo do útero (final da vagina e começo do útero). Depois disso, avalie. Outra forma de avaliar é ao secar a vulva com papel higiênico, após urinar.

Vale esclarecer que algumas mulheres têm mais muco do que outras. Além disso, algumas não apresentam nenhum tipo de muco, pois possuem um ciclo menstrual mais curto (cerca de 25 dias) ou ficam muitos dias menstruadas. Neste caso, você deve usar o método de avaliação de PH, para acompanhar sua saúde íntima.

SINAIS DE PROBLEMAS NO MUCO

Antes de tudo é importante esclarecer que muco é diferente de leucorreia (conhecida popularmente como corrimento vaginal). Quando há algo errado com sua saúde íntima, seu muco é liberado junto com alguns sinais, como: cheiro forte, irritação, ardor, vermelhidão ou comichão na vagina ou vulva.

Se você perceber alguma alteração em seu muco, é sinal de que há alguma alteração na vagina, seja por bactérias, fungos, inflamação, infecção ou doença. 

Aprenda a identificar os diferentes tipos de corrimento pela cor e aspecto:

Corrimento branco

Pode ser muco vaginal, como já explicado. No entanto, se for parecido com nata de leite ou queijo do tipo cottage (branco e espesso) e vier associado a sintomas como coceira, irritação, etc. tende a ser candidíase. Se parecer pus, pode ser alguma reação de inflamação alérgica, pelo uso de sabonetes, camisinha, etc.

Corrimento marrom

Costuma aparecer no final da menstruação, ou início do período menstrual. Também pode ser sangue coagulado por traumas ou infecções, câncer ginecológico (mais raro) ou início de gravidez.

Corrimento amarelo

Geralmente é sinal de Doença Sexualmente Transmissível (DST) ou infecção ginecológica, como, por exemplo: candidíase, gonorreia ou tricomoníase. 

Corrimento cinza

Costuma ser o corrimento mais comum. Geralmente ele é acinzentado e fino, com um cheiro forte, comparado ao cheiro de peixe. Sinaliza que há infecção por alguma alteração da flora vaginal. 

Corrimento rosado

Em alguns casos, ocorre no começo da menstruação. Ainda pode ser indício de gravidez ou ocorrer no pós-parto.

CORRIMENTO: QUANDO SUA VAGINA CHORA

Metaforicamente, ter corrimento significa que a vagina está “chorando”, ou seja, sinaliza que a imunidade de suas emoções mais íntimas está debilitada. Para resolver a causa emocional deste distúrbio, é preciso reabilitar as memórias celulares de todas as suas experiências, que estão registradas no canal vaginal. E o método mais eficaz, neste sentido, chama-se Reconsagração do Ventre (clique aqui para saber mais).

Os métodos dos mucos e do PH vaginal são as duas ferramentas mais eficazes para ouvir e entender seu corpo. Se você colocar em prática as dicas que aprendeu, saberá identificar quando sua saúde íntima começar a dar problema, podendo interromper a evolução de alguma doença ou buscar tratamento mais rapidamente.

Deixe um comentário

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *